Blog

Últimas Notícias
11 dezembro 2017

Sua empresa vai crescer ou está em decadência?

A crise é um grande divisor de águas, muitos ex-empregados (sem generalizar) sempre tiveram vontade ou sonho de poder montar seu próprio negócio, mas atravessar um período como que estamos aos poucos saindo, mostra que muitos vão ficar pelo caminho e deverão voltar ao mercado de trabalho como CLT´s ou estão aguardando uma nova oportunidade.

Empresas iniciam suas atividades, algumas se sobressaem, e o sucesso faz parte de seus resultados, outras apenas servem de exemplo de gestão inadequada, se é que podemos falar que em alguns casos houve gestão.

Mas vamos falar das empresas que mesmo com todas dificuldades, tem como objetivo crescer, ou simplesmente aumentar seus lucros (são coisas diferentes).

Realizar a gestão empresarial é fundamental, definir rotinas diárias, traçar metas, identificar oportunidades, implantar remuneração variável, definir estratégias, entre outras, são ações que mantem uma empresa “viva” e com grande possibilidade de sucesso.

Mas sem dúvida alguma a gestão acontece, quando comparamos: mês 1 x mês 2, ou até mesmo o desempenho no decorre dos meses; aí sim podemos ver a evolução ou o que estamos fazendo com o objetivo de agregar melhores resultados.

Essas informações podem ser obtidas, quando criamos indicadores de um sistema de gestão, seja um ERP ou simplesmente um sistema financeiro (é logico que com alguns ajustes).

Saber explorar a DRE (Demonstração de Resultado do Exercício) é sem dúvida o primeiro passo e o que pode trazer “n” alternativas para o sucesso empresarial, a analise correta desse demonstrativo, e saber explorar suas linhas de informações, podem ajudar a empresa a ter um diagnóstico com muita precisão e seu acompanhamento informa se as correções ou implementações estão ou não surtindo efeito.

Não deixe de ter a oportunidade de ter em sua empresa um demonstrativo DRE, esse pode ser um diferencial entre sucesso ou não.

Fonte: http://www.contabeis.com.br/artigos/4390/sua-empresa-vai-crescer-ou-esta-em-decadencia/

|

Deixe um Comentário